segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Joan Sutherland ... R.I.P.

.

Morreu ontem, aos 83 anos, em Genebra,
Joan Sutherland.

1926 - 2010






LP1
01. Weber - Ocean! Thou mighty monster (Oberon)
02. Massenet - Pleurez mes yeux (Le Cid)
03. Meyerbeer - Shadow Song (Dinorah)
04. Leoncavallo - Recit and Ballatella (I Pagliacci)
05. Verdi - Recit and Aria 'Tu del mio Carlo' (I Masnadieri)
06. Verdi - Aria 'Tu puniscimi o signora' (Luisa Miller)
07. Rossini - Recit and Aria 'Vorrei Spiegarvi' (La Cambiale di Matrimonio)
08. Bellini - Aria 'Deh! Se un urna' (Beatrice di Tenda)

LP2
01. Benedict - The gipsy and the bird
02. Arditi - Parla!
03. Ricci - Io non sono piu l'Annetta (Crispino e la Comare)
04. Tosti - Ideale
05. Arditi - Il Bacio
06. Tosti - La Serenata
07. Leoncavallo - Mattinata
08. Bishop - Lo here the gentle lark
09. Flotow - The last rose of summer (Martha)
10. Wallace - Scenes that are brightest (Maritane)
11. Balfe - I dreamt I dwelt (Bohemian Girl)
12. Bishop - Home sweet home




1 - - - - - - 2
.

12 comentários:

A. C. disse...

Solo per te, Dame Joan:

http://www.youtube.com/watch?v=Funp7JTWp2A&feature=fvw

Bartolomeu disse...

Resquiat un pace e a glória eterna pelos séculos sem fim pela sua arte.

http://santossantinhos.blogspot.com/2010/10/resquiat-in-pace-joan-sutherland.html

Anônimo disse...

O desaparecimento de Dame Joan Sutherland deixa um vazio no mundp da ópera. Lembramos suas apresentações ao lado de Luciano Pavarotti, dois artistas líricos de enorme envergadura, que completavam a quintessencia e suas vozes singulares com uma amizade que só soube crescer até que a morte os separasse.Descanse em paz, Joan Sutherland.

Chiaroscuro disse...

Dear Joany, she will be missed, but the beauty she left us with will never die.

Anônimo disse...

Hoy estoy triste porque nos ha abandonado una de las más grandes. Hoy los coros celestiales gozan de una gran voz

YC disse...

A voz de Joan Sutherland foi a coisa mais bela que já ouvi. Artistas do porte dela - incrível até mesmo para os já incríveis padrões da Ópera - são eternos. Quem a conheceu, garante que as qualidades chegavam também ao campo pessoal. Agradeço a Deus por ter oferecido ao mundo um ser humano de tanto talento. A Joan, obrigado pelos inúmeros momentos de imensa felicidade.

mahler76 disse...

R.I.P. one of the last opera legends is gone :(

Anônimo disse...

Thank you so much for sharing this! To quote a line from the play Victoria Regina, "Go it, old girl...you've done it well!" RIP, Dame Joan, and thank you for everything.

Anônimo disse...

O mundo perde outra grande artista em tempos de mediocridade musical.


Na próxima semana haverá apresentações no Brasil da inigualável Jessye Norman.

Abaixo o link de uma recente entrevista com ela:

http://globonews.globo.com/Jornalismo/GN/0,,MUL1623835-17665,00-JESSYE+NORMAN+FALA+SOBRE+A+VIAGEM+AO+BRASIL+E+GRANDES+MOMENTOS+DA+CARREIRA.html

Abraço,
Rodrigo

Pugsley Osty disse...

Novamente os corações dos amantes da ópera estão de luto. Mais uma estrela da constelação lírica que nos deixa para ir encantar em outro plano. Nossas maiores divas estão nos deixando cada vez mais orfãos... assim já se foram Callas, Sills, Tebaldi, Moffo, Pop, Augeer, Nilsson.
Este blog, além da importãncia para nós, que o consultamos diariamente, é, muito mais ainda, uma homenagem a todos esses Monstros Sagrados e imortais do canto.

Diomedes disse...

Pasé por encima del post sin leer la dedicación, y recién hoy me entero de que mi proyecto de ir a visitarla quedó frustrado. Fue quizás la persona que más me habría gustado conocer.
En una cosa tan compleja como el canto no se puede decir que un artista sea en sentido absoluto superior a todo el resto, pero sin duda Joan Sutherland fue una de ésas pocas inigualables. Y sin embargo, ¡qué ejemplo de humildad! Creo que me voy a tener que poner a llorar otra vez.

Diomedes disse...

Por cierto: este post creo que es, de entre los innúmeros aportes de STOM, uno de los más valiosos! Cuando a la constante dedicación de los blogueros se suman estos posts invaluables, cualquier agradecimiento queda chico.